Patogênese da diabetes gestacional

Maio 16, 2016 Admin Saúde 0 8
FONT SIZE:
fontsize_dec
fontsize_inc

O gravidez diabetogenecidad por causa de uma alta resistência ao insulina, que é de igual magnitude em um estado de normalidade gravidez, diabetes, mas é três vezes maior do que o observado fora do gravidez.
Aumento a resistência à insulina periférica é predominantemente localizada no tecido muscular e é mediada efeitos celulares produzidos pela hormônios placentários, especialmente o lactogênio placentário e cortisol livre. Nesta atividade o tecido fosfofrutoquinase e piruvato cinase diminuiu, resultando em um decréscimo de glicólise no tecido muscular, o que também contribui para o crescimento da ácidos gordos livre secundário ao aumento da atividade desidrogenase de glicose-6-fosfato.
A maioria das mulheres grávidas normais são capazes de neutralizar a resistência periférica pelo aumento significativo da secreção de insulina basal e estimulada com alimentos. Aqueles que não conseguem fazer essa compensação se tornar intolerante glicose em diferentes graus, para chegar a critérios de diagnóstico que definem diabetes gestacional. Esta situação torna-se mais evidente entre 26 e 30 semanas de gravidez, o maior aumento de hormônios contra e um aumento das necessidades de insulina.

(0)
(0)

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha