Especialistas alertam que as infecções durante a gravidez aumenta o risco de paralisia cerebral

Junho 13, 2016 Admin Saúde 0 1
FONT SIZE:
fontsize_dec
fontsize_inc

Um estudo europeu argumenta que ter uma infecção genital ou urinário durante a gravidez aumenta o risco de crianças sofrem danos neurológicos, como paralisia cerebral, advertiu hoje em La Coruna Maria Graça Campos Andrada, presidente da Associação Português de paralisia cerebral.

O especialista, que já participou de uma conferência sobre o hospital de reabilitação pediátrica organizada por John Jinx em La Coruna, também alertou o elevado número de nascimentos prematuros, considerado um fator de risco que a criança sofreria neurológica, sensorial, cognitiva ou comunicação.




Neste sentido, o médico explicou que a incidência de bebês prematuros "é multiplicado por seis 'em gestações gemelares e entregas afirmou que em breve, longe de diminuir," tende a aumentar ", sendo mais freqüente entre as pessoas mais poder d "comprar" por causa de inseminação artificial. "

Em conferência de imprensa, o especialista sublinhou prevenção para evitar distúrbios neurológicos infância e perguntou "melhoria" em mulheres grávidas. Então, se queixou de que a maioria não seguem um conjunto de cuidados preventivos quando você decidir ter um filho, como a ingestão de ácido fólico três meses antes da gravidez para prevenir a espinha bífida.

Em relação à idade, o médico disse que o risco de danos neurológicos para o feto aumenta quando as mães com mais de 35 anos. "Nesses casos, a gravidez deve ser seguido com mais cuidado", disse ele, embora tenha ressaltado que as novas tecnologias permitem cada vez mais propensos a ter filhos mais tarde, sem problemas.

(0)
(0)

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha