Dopamina

Maio 13, 2016 Admin Saúde 0 2
FONT SIZE:
fontsize_dec
fontsize_inc

A dopamina é o precursor metabólico imediato de noradrenalina e adrenalina; é um neurotransmissor central, particularmente importante na regulação da circulação, e tem propriedades farmacológicas significativas intrínsecas. A dopamina é um substrato tanto quanto COMT e MAO, por conseguinte, não são eficazes se administrados por via oral.
Entre os receptores diferem na sua afinidade para os receptores dopaminérgicos vários mediação dos efeitos cardiovasculares da presente. Em baixas concentrações, a principal interacção ocorre receptores de dopamina D1 da dopamina, em particular nos leitos renal, mesentérico e coronária. Para activar a adenilato-ciclase e aumentar a estimulação de cAMP intracelular de receptores D1 provoca vasodilatação.
Soluções intravenosas com baixas doses de dopamina causas aumento da taxa de filtração glomerular, o fluxo sanguíneo renal e excreção de sódio. Por conseguinte, a dopamina tem uma utilidade particular no tratamento de estados de baixo débito envolvendo insuficiência renal, forte <> como choque cardiogênico e hipovolêmico. A concentração ligeiramente mais elevados, a dopamina exerce um efeito inotrópico positivo sobre o miocárdio, pois atua sobre os receptores beta1-adrenérgicos.

(0)
(0)

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha