A iniciação sexual, os dados estatísticos

Abril 1, 2016 Admin Saúde 0 1
FONT SIZE:
fontsize_dec
fontsize_inc

A primeira estudos, e provou, além deste ponto de vista foi diferenças sem personalidade jurídica gênero, discriminando tão claramente em que escolhem companheiros/as iniciação sexual.
Alguns estudos indicam que o que é comum a quase todo o adolescentes, é identificar o prazer como a principal motivação para a manutenção sexo (em alguns casos, a curiosidade), sem grandes diferenças entre as classes sociais e entre bairros. Para além destas semelhanças, o elemento mais importante a considerar é a iniciação pessoa companheiro.
Mas pergunte o parceiro sexual registrado não é apenas saber o sexo ou a idade do mesmo. Destina-se a acompanhar o lugar social e emocional que a pessoa se envolve nesse momento, com a hipótese de que a percepção de que o lugar será crucial para configurar o comportamento e as atitudes na interação sexual e, neste caso, para enfrentar o risco do HIV. É uma casual, sexo ou pagamento, ou amiga/amigo oo/ou?; envolvendo cada posicionamento emocional e sexual em termos de comprometimento, confiança e, principalmente, práticas, incluindo a saúde, mútuo ou não?.
No entanto, os dados disponíveis dizem-nos apenas extremamente parcial, com aqueles que foram iniciados (contabilidade e é uma pessoa startup de qualificação) e os motivos que o primeiro tempo.
Os primeiros estudos, considerando toda a população estudada, discriminadas por sexo, mostrou que cerca de 45% dos entrevistados do sexo masculino tiveram sua primeira relação sexual fora da "relação estável"; enquanto as mulheres em um 80% tiveram a primeira relação sexual dentro desse "parceiro de vida", com quem manteve uma ligação antes da época da pesquisa.

(0)
(0)

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha