A educação como principal ferramenta para combater a Aids

Maio 1, 2016 Admin Saúde 0 5
FONT SIZE:
fontsize_dec
fontsize_inc

A Organização da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) fez uma convocação para todos os interessados ​​e os órgãos responsáveis ​​pela educação no mundo, para dar prioridade à educação e ferramentas de informação essencial para evitar a propagação do vírus da imunodeficiência humana (HIV), que afeta atualmente mais de 30 milhões de pessoas em todo o mundo.




Cristina de Azkarraga, gerente do programa de HIV/AIDS da UNESCO, disse que, no México, embora a epidemia está sob controle no país e concentra-se em homens que fazem sexo com homens, os jovens que enfrentam a infecção maior risco devido à falta de informações. O especialista disse que 40 por cento das novas infecções ocorrem entre jovens de 15-24 anos, especialmente porque eles não têm as informações necessárias quando você já chegar uma vida sexual ativa.

A organização levanta a necessidade de promover a educação sexual abrangente desde a infância adequada ao contexto, para os meninos para ter todas as informações que você precisa para iniciar a sua vida sexual responsável e segura, sabendo todos os detalhes relacionados com a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, especialmente HIV/AIDS.

De Azkarraga salientou que a AIDS é a quarta principal causa de morte nos jovens entre os 15 e os 29 anos, por isso é necessário para fornecer total apoio a este sector vulnerável da população. Ele disse que há cerca de dois milhões de pessoas que vivem com o HIV e os mecanismos que favorecem a disseminação da infecção é a mobilidade desigual e alta sócio-econômica da população da América Latina e do Caribe.

(0)
(0)

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha