8 em cada 10 espanhóis preferem consultar um médico para ir na Internet

Abril 7, 2016 Admin Saúde 0 2
FONT SIZE:
fontsize_dec
fontsize_inc

Oito em cada dez espanhóis preferem ver um médico quando você precisar de informações sobre um problema neurológico, em vez de disponíveis na Internet, de acordo com um estudo da Sociedade Espanhola de Neurologia (SEN) na disseminação do conhecimento das doenças neurológicas e neurociência.

O trabalho, realizado por 400 entrevistas telefónicas, observa, no entanto, que um número crescente de cidadãos que utilizam as novas tecnologias de acesso à informação, como fazem atualmente 20% da população, em comparação com 9% em 2005. A pesquisa, de acordo com a SEN, confirma que há uma dupla tendência entre os cidadãos, que são o surgimento de novas tecnologias no campo da informação em saúde e da importância que a empresa dá à educação e informação sobre a saúde .




E 'foi também constatou que apenas 18% dos entrevistados espanhóis disseram que visitou um neurologista para a vida, apesar da alta prevalência de distúrbios neurológicos. Quando perguntado por que recorrer a uma patologia neurologista, 68% indicaram que para a doença de Alzheimer, Parkinson tem seguido, com 58%, e enxaqueca, com 55%.

E 'também foi encontrada neste estudo entre a amiotrófica doença neurológica seria aquele em que há menos de associação com a figura do neurologista, uma vez que apenas 30% dos entrevistados iria para o neurologista.

(0)
(0)

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha